MAMOPLASTIA REDUTORA - Com cirurgião plástico em Maceió ou Arapiraca

1. A cirurgia estética das mamas deixa cicatrizes?

A maioria das cicatrizes em cirurgia plástica é resultante de incisões cirúrgicas e a mística de que os cirurgiões não deixam cicatrizes faz parte de uma crendice popular. Na nossa especialidade existe um cuidado todo especial em se colocar as incisões, sempre que possível, em locais o mais escondido possível, normalmente nas dobras naturais do corpo e dotá-las da melhor qualidade.

2. Como ficarão minhas novas mamas em relação ao tamanho e consistência?

Para os casos de redução de volume e reposicionamento da aréola, podemos optar por vários tamanhos dentro das possibilidades que a mama original nos permita planejar. Além disso sua consistência e forma também são melhoradas com a intervenção cirúrgica.

3. Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo?

Apesar do resultado imediato ser muito bom, somente entre o 8º e 18º mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva.

4. Qual tipo de traje de banho que poderei usar após a cirurgia?

No período mediato e tardio, qualquer tipo de traje, de uma ou duas peças, desde que a peça superior não fique muito justa, não seja do tipo “bustiê” e que, preferencialmente, seja da cor preta. Após o amadurecimento das cicatrizes os maiôs poderão ser livremente escolhidos. Nas grandes reduções mamárias, se a cicatriz horizontal for um pouco mais extensa a escolha do maiô recairá naquele que melhor disfarce sua presença.

 

5. No caso de nova gravidez, o resultado permanecerá ou ficará prejudicado?

Desde que o seu peso seja controlado e os cuidados com as mamas forem tomados não haverá problemas nesta nova gravidez. É recomendado não engravidar no primeiro ano pós-operatório. Também não haverá problemas com amamentação desde que as ressecções de tecido mamário permitam este privilégio.


6. O pós operatório da cirurgia mamária é doloroso?

Não. Este pós-operatório cursa praticamente sem dor, desde que você obedeça às nossas orientações médicas, principalmente no que tange à movimentação dos braços e outros cuidados nos primeiros dias.

 

7. Há perigo nesta operação?

O risco de uma séria complicação ou até mesmo a morte em cirurgia de cunho eminentemente estético como a plástica mamária em pacientes hígidas está, estatisticamente, próximo a zero.

 

8. Qual tipo de anestesia é utilizada?

Normalmente é a anestesia geral.


9. Quanto tempo dura o ato cirúrgico?

Dependendo de cada tipo de mama, a média é de 3 horas.

 

10. Qual o período de internação?
Geralmente a alta hospitalar é prevista para o mesmo dia da cirurgia, no caso do ato operatório ter sido realizado no primeiro horário da manhã. Se à tarde, a alta ocorrerá no dia seguinte de manhã.

 

11. São utilizados curativos?

Utilizamos sutiãs especiais para o curativo imediato à cirurgia.

 

12. Quando são retirados os pontos?

São retirados em torno do 10º ao 12º dia, sem maiores incômodos. Nos casos em que se usa "cola cirúrgica" na pele, substituindo as suturas, não há necessidade de retiradas de pontos.

 

13. Quando tomarei banho completo?

No dia seguinte à operação, a paciente está liberada para o banho de corpo inteiro, lavando-se inclusive a mama operada.


14. Qual a evolução pós-operatória?
Até que se atinja o resultado almejado, as mamas passarão por diversas fases evolutivas. Tenha a devida paciência, pois seu organismo se encarregará espontaneamente de dissipar todos os transtornos imediatos que, inexoravelmente chamarão a atenção.

 

15. Quando poderei retornar à minha ginástica?

Geralmente, após 60 dias para exercícios que exijam braços e musculatura peitoral. Os demais exercícios são liberados após 30 dias.

 

16. Períodos evolutivos das "novas mamas"
Período imediato: Vai até o 30º dia. Neste período, apesar das mamas apresentarem-se com seu aspecto bem melhorado, sua forma ainda está aquém do resultado planejado. Cabe imagem?

Período mediato: Vai do 30º dia até o 8º mês. Neste período, a mama começa a apresentar uma evolução que tende à forma definitiva o que ocorrerá após o 8º mês. São características deste período uma menor sensibilidade do mamilo, além de maior ou menor grau de "inchaço "; além disso, sua forma está aquém da definitiva. Cabe imagem?

Período tardio: Vai do 8º ao 18º mês. É o período em que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade).

Captura_de_Tela_2019-11-09_às_12.20.10.p